Prato da Vez: Costelinha ao molho Barbecue

E mais um post sobre um estilo que AMO fazer: “Fotografia de Comida” (como costumo chamar), e  uma das produções que mais gostei de fazer, a do Bar e Petiscaria @BarMaturato que além de ter um ambiente agradabilíssimo tem ótimo preço, música boa e o atendimento é show!

Antes de mais nada, na hora de fazer uma fotografia de comida, analise o que exatamente é pretendido passar para o espectador. Se o prato e seus ingredientes ou, se o prato e seu ambiente. Nesse caso, o ambiente deveria ser associado ao prato. E como estamos falando de um Bar e Petiscaria que só funciona a noite (exceto aos sábados da feijoada – evento à parte) depois das 18horas. Então, fui no local fazer a foto, no horário de funcionamento, e aproveitei do que o ambiente poderia me proporcionar. Originalidade é tudo! Já pensou? Se essa mesma imagem tivesse uma iluminação solar? Claro que o espectador ía ter outras sensações que não de um ambiente noturno. O que faz toda a diferença, né? Sem contar que a pessoa pode até aparecer pelo bar em pleno meio dia, procurando por este prato,  ía encontrar o estabelecimento fechado.

De todas as imagens produzidas, escolhi duas, que passam tanto a noção do ambiente como do prato em si.

Em se tratando de um prato salgado com o molho barbecue, e como a intenção é abrir o apetite do especatador, deveria ficar claro sobre o sabor da comida. Deixei a textura linda e saborosa do bolinho de batatas fazer por si o que ele sabe de melhor e as costelinhas encherem os olhos.

A produção e organização do prato também vale, mas não mude a forma como ele é servido, muito chato você vê a fotografia de uma comida arrumada de uma forma, e quando chega à mesa, vem de outra forma! Nessa produção, cortamos um pedacinho do bolinho de batatas para mostrar a textura do prato. (produção: Natália Soares)

Gostou?

Siga  @BarMaturato

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *