Laura Visigalli mostra que sabe trabalhar muito bem com o desespero


Não existe um trabalho melhor que o outro, existem olhares diferentes com diferentes inspirações. A inspiração de Laura Visigalli é escura, é sombria e é linda. Dor, desespero, agonia, carência e melancolia são apenas os sentimentos mais expostos e claros que podemos decifrar com poucos minutos de observação.

Quando vejo algo assim, cheio de sentidos, de emoções que nos faz pensar, que realmente nos faz refletir sobre diversos aspectos (tanto dos nossos próprios sentimentos e pensamentos, quanto da nossa própria relação direta com a fotografia) me deixa extremamente feliz com uma sensação de que tudo está exatamente aonde deveria estar, sem nenhuma vírgula para ser dita.

As fotografias se encaixam, o cenário também e eu nem preciso falar dos modelos. Com uma temática clara, edição e produção acabam sendo desenrolados com facilidade. Outra característica que podemos observar é a linguagem usada, algo extremamente necessário belas composições conceituais como essa.

Apreciem! 😉

laura_temnafotografia6

laura_temnafotografia5

laura_temnafotografia4

laura_temnafotografia3

laura_temnafotografia2

laura_temnafotografia1

laura_temnafotografia

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *