Manual básico de fotografia na Europa

A Europa é um continente muito fotogênico por sua arquitetura, geografia e população. Os amantes da fotografia que podem fazer um mochilão pelo velho continente precisam deixar a rota planejada e, dessa forma, conhecer lugares incríveis que não estão entre os locais mais famosos.

aconselho procurar informações sobre documentos para entrada nos países antes do planejamento. Participantes da Comunidade Europeia, por exemplo, não exigem visto de turistas brasileiros para permanência de até três meses, mas é necessária a apresentação de passagens de ida e volta, reserva de hotel e seguro de viagem para Europa com cobertura de até 30 mil euros, como explica o link. Com a entrada na Comunidade Europeia, a transição entre os 30 países é livre, podendo conhecer muitos lugares.

A primeira é Barcelona, na Espanha, que é incrível arquitetonicamente, com construções que garantem belas fotos. Esqueça das linhas turísticas, pegue seu mapa e saia pelas ruas para aproveitar o que ela tem de melhor à oferecer.

Bairro Gotico - Espanha - Jaume CP BCN_temnafotografia
Crédito: Jaume CP BCN

O Barri Gotic (Bairro Gótico) é um desses locais! Você perderá horas fotografando a arquitetura antiga, distribuídas como em labirintos. Os ângulos são incríveis para fotografar! Isso tudo somado a uma iluminação amarelada pela cor de suas paredes e pouca entrada de luz nas pequenas ruas do bairro. Ele é perfeito para quem gosta de fotografia urbana por reunir diferentes estilos de pessoas mescladas às construções. Na verdade, Barcelona toda tem esse toque maravilhoso.

O contraste da arquitetura local é indescritível. Entre o Montjuic e o mar, prédios góticos, barrocos e modernistas se misturam à obras modernas. A vista do Montjuic, limite de Barcelona, tem um panorama maravilhoso, sendo muito procurado por amantes de fotos de cidades ou nascer e pôr-do-sol.

Casa Barillo - Espanha - Graham Read_temnafotografia
Crédito: Graham Read

As famosas obras de Gaudí merecem uma atenção especial. As Sagrada Família, Casa Milá, La Pedrera e Casa Batlló possuem uma visão nova a ser explorada.

Outra cidade considerada um paraíso para os fotógrafos é a também labiríntica Veneza, na Itália. Com seus canais e belas construções, ela impressiona pela geografia.

O Rialto Bridge é um dos lugares mais fotogênicos e famosos de Veneza porque, além de lindo, é um dos favoritos para fotografar o Grand Canal. A ilha de San Giorgio Maggiore também atrai muitas lentes, por ser um dos principais resquícios do império romano em Veneza. Ela é um antigo mosteiro que já teve diversas funções ao longo de sua história e, hoje, abriga uma das bibliotecas mais conhecidas do mundo.

Rialto Bridge - Itália - Raging Wire_temnafotografia
Crédito: Raging Wire

Muitos outros lindos locais, como os famosos St. Marks Square e Grand Canal, estão nas ruas da cidade. Um passeio descompromissado é o segredo para encontrá-los. Você irá se surpreender com as belas paisagens! Não à toa, Veneza é muito indicada para fotógrafos.

St Marks - Itália - Sue L C_temnafotografia

Crédito: Sue L C

Assim como as duas cidades, Londres guarda muitas lembranças do Império Romano. O famoso bairro London City, centro econômico da capital britânica, destaca-se por seus prédios modernos, que contrastam harmoniosamente com a Tower Bridge. Por ser bem movimentado, o bairro é muito procurado por praticantes de street photo, que, também, pode ser feita em rotas alternativas.

Londo City - Inglaterra - Florian Siebeck_temnafotografia
Crédito: Florian Siebeck
Camedon - Londres - Black Sheep Ink_temnafotografia
Crédito: Black Sheep Ink

 

Enviado por Rafael Canoba

email: rafael.canoba22@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *