Royal Photographic Society britânica abre exposição em Londres

Royal Photographic Society britânica inaugura exposição em Londres com relíquias dos primeiros anos da fotografia. A Royal Photographic Society britânica que é a mais antiga sociedade de fotografia do mundo, abre uma coleção de fotografias para o público de forma genuína.

Royal Photographic Society britânica

Royal Photographic Society britânica e a exposição

A sociedade de fotografia mais antiga do mundo, fundada em 1863, a Royal Photographic Society britânica (incentivada pela primeira vez, pelo rei Albert, esposo da Rainha Vitória), além de expor fotografias históricas, também expõe artefatos que se ligam com a história, como heliógrafos do inventor francês Nicéphore Niépce, um caderno de desenhos de Henry Talbot,  enfim, estamos falando de 250 mil imagens, 8mil artefatos e 31 mil livros, dentre periódicos e documentos. É uma bela quantidade para pesquisadores e estudiosos, principalmente para amantes da fotografia, não acha?

Sabemos que o rei Albert era um incentivador de muitas práticas culturais e artísticas, assim como incentivou a moda e a diversidade dela, incentivou que fosse documentado tudo o que se acontecia ao seu redor, assim como a própria evolução da fotografia e da sociedade. Veja mais imagens na galeria virtual da exposição, e caso esteja a caminho de Londres, não deixe de visitar o Museu da Ciência, ok?

Royal Photographic Society britânica2
“Estudo de movimento”, feita em 1926 por Rudolf Koppitz (Em exposição: Royal Photographic Society)
Royal Photographic Society britânica3
Foto chaminé, de Noel Griggs, feita em 1934 (Exposição: Royal Photographic Society)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *