Montando um Portfolio

Depois de estudar, estudar, estudar e estudar mais um pouco (porque fotografia não é fácil, meus queridos), quando você já definiu seu público alvo e sabe aonde encontrá-lo é a hora de se apresentar, de se fazer notar. Na fotografia não existe currículo, esqueçam todas as dicas de “como montar um currículo perfeito”, pois o que importa aqui é o que você sabe fazer com uma câmera e é o seu portfolio quem vai dizer isto. Não o subestimem. Sejamos honestos, salvo os bem nascidos, fotógrafo iniciante não tem dinheiro, e temos consciência de que um bom portfolio impresso custa muito caro. Se você escolher esta opção, tenha em mente que irá despender um bom montante de dinheiro. E qual a vantagem? Um portfolio impresso é sempre um portfolio impresso, é tátil e justamente por isso, mais impactante. Já um portfolio online tem o atrativo de ser versátil e gratuito. O ideal é ter os dois.

É muito importante perder tempo montando um portfolio. Tenha em mente seu público alvo o tempo inteiro e escolha suas fotografias de acordo com isso, mas somente as melhores fotografias. Não hesite em deixar de fora aquela fotografia que, em sua opinião, ficou quase boa. O quase não cabe em um bom portfolio. Tenha uma seleção de fotografias pequena, se for o caso, mas impecável, e demonstre que você tem absoluta consciência do seu nível de aprendizado. Esta tarefa envolve subjetividade e por isso é importante perder tempo, entre aqueles milhares de trabalhos que você ainda não tem pra entregar, reserve um tempo pra se dedicar a isto, demore uma semana, duas, um mês, mas tenha a certeza de que você escolheu o seu melhor.

Ter contato com outros portfolios ajuda muito na hora de definir como será o seu, então pesquise o trabalho de outros profissionais e atente a como layout é desenvolvido, a apresentação das imagens e o acabamento, o tipo de impressão e as cores. É importante porém manter a simplicidade, e selecionar elementos relevantes, a fim de torna-lo claro e objetivo. Menos é mais, neste caso, principalmente em um portfolio online, deixe tudo bem organizado, seu cliente deve chegar às suas fotos com um ou dois cliques, no máximo.

No caso de um portfolio impresso, seja sucinto, de uma amostra pequena do seu trabalho, só as melhores fotos. Se quiser, faça uma divisão entre temas: editoriais, comerciais, autorais, etc, mas procure inserir não mais que 35 fotografias porque hoje, correndo como estamos, ninguém tem tempo de ver mais que isso, por melhor que seja o trabalho. É um número ideal que mostra o que se pode esperar do seu trabalho e isto já é o suficiente. Um portfolio online comporta um número maior de imagens, desde que estejam facilmente acessíveis, mas não exagere. Atente que na maioria dos portfolios online há um espaço “sobre” ou “about” que não é indispensável mas, é interessante contar um pouco sobre sua carreira e com quem já trabalhou e, se estiver começando e ainda não tiver experiências pra contar, é bom escrever sua visão sobre a fotografia e falar sobre seus objetivos. E aqui também seja sucinto.

Depois do seu trabalho, a parte mais importante de um portfolio é o contato, lembre-se de deixar esta parte visível e destacada, por motivos óbvios é importante que seu cliente possa entrar em contato com você de maneira fácil e rápida caso ele queira.

Não usem sites do tipo flickr como portfolio. Hoje existem sites gratuitos e distintos para apresentar um trabalho como o wix, carbonmade, basekit ou Krop, onde é possível criar um site mesmo sem ter muitos conhecimentos sobre design e conectar seu próprio domínio. Um domínio é recomendável pois torna seu site mais profissional, todavia requer certo investimento que, se você esta em início de carreira, por vezes é dispensável.

O que vai definir a melhor maneira de se apresentar e a melhor ferramenta para tal é seu público alvo, nunca se esqueça dele. O que foi dito são conselhos e não verdades absolutas, portanto sintam-se livres para desconsiderar tudo o que foi escrito neste post, e adaptem estas sugestões às suas realidades e tornem seus portfolios os mais autênticos possíveis.

Tutorial: Dê um ar vintage a suas imagens!

1- Abra sua foto no Photoshop

tutorial-efeitovintage-fernandasantiago-temnafotografia

2- Crie um grupo

Por questão de organização, vamos criar uma pastinha onde serão colocados os ajustes. Clique na pastinha e renomeie de “Ajustes”

tutorial-efeitovintage-fernandasantiago-temnafotografia2

3- Reduza o contraste da imagem

Diminuir o contraste irá revelar mais detalhes e suavizar a emoção na foto, reduzindo sombras. Para ajustar o contraste da imagem, nós vamos usar a ferramenta de cor seletiva. Certifique-se de que você tem o grupo “Ajustes” selecionado primeiro, para quando for adicionar a camada de ajuste, ele aparecerá dentro do grupo. Adicione uma camada de ajuste de cor seletiva por camada escolher> New Adjustment Layer> Cor seletiva. Selecione o preto e ajuste para -10.

tutorial-efeitovintage-fernandasantiago-temnafotografia3

4-  Selecione Neutrals

Em seguida, selecione neutrals das cores no menu suspenso. Para nossa imagem, usaremos um ajuste de -20%.

tutorial-efeitovintage-fernandasantiago-temnafotografia4

5 – Ajuste os brancos

Finalmente, ajuste os brancos. Para a nossa imagem, usaremos 20%.

tutorial-efeitovintage-fernandasantiago-temnafotografia5

6- Escureça a imagem:

Layer > New Adjustment Layer > Brightness/Contrast. Nessa imagem apliquei -30% em Brightness.

tutorial-efeitovintage-fernandasantiago-temnafotografia6

7- Aplique um filtro amarelo

Layer > New Adjustment Layer > Photo Filter. Aplique o filtro “Yellow” com 35%.

tutorial-efeitovintage-fernandasantiago-temnafotografia7

8- Aumente o contraste

Adicione uma camada de ajuste de “Curves” Layer > New Adjustment Layer > Curves. Output: 189 e Input: 150.

tutorial-efeitovintage-fernandasantiago-temnafotografia8

Pronto!

Espero que tenham curtido e até a próxima!

Tutorial: Aprenda como fazer Efeito Black & White Azulado no Photoshop!

Olá galera do TNF, tudo bem? Hoje faz 11 anos que George Harrison, guitarrista da maior banda de todos os tempos, The Beatles, nos deixou, portanto, resolvi homenageá-lo hoje! Vamos aprender a fazer um preto e branco azulado fodástico! Espero que curtam bastante!

1-Abra a imagem

2-Converta a imagem para Tons de Cinza/Grayscale

3-Em seguida, converta a imagem para Duotone

 

5-Na janela, selecione um tom azul escuro e um tom azul claro e em seguida clique em ok. Nessa parte você pode utilizar qualquer cor, portanto que seja um tom escuro e um claro

6-Para dar uma contrastada, duplique a camada e coloque no blend mode/modo de mesclagem em Soft Light/Luz Suave

7- Mescle as camadas e salve!

Espero que tenham gostado. … simples, rápido e muito elegante!

Hasta la vista! 😉

Tutorial: Aprenda a fazer um efeito Lomo na ferramenta Photoshop

Olá galera do TNF, tudo bem? Hoje vou apresentar um tutorial super tendência: O famoso efeito lomo! Como hoje é
o dia da consciencia negra, resolvi usar uma imagem da lindÌssima Taís Araújo! Espero que curtam!

1.Duplique a layer/camada da foto, use o atalho Ctrl + J. Você vai ficar com duas camadas iguais.

tutorial-efeitolomo-fernandasantiago-no-temnafotografia

2. Agora, na janela das suas layers, você vai selecionar os Levels. Pra isso, aperte aquela bolinha meio-branca-meio-preta, ir· aparecer a opção Levels.

tutorial-efeitolomo-fernandasantiago-temnafotografia2

3. Nessa janela já vem a opção marcada RGB…Mas preciso mudar para Red, pois é nesse gráfico que vamos mexer.

tutorial-efeitolomo-fernandasantiago-temnafotografia3

4. Nosso objetivo é que a fotografia fique com os tons avermelhados mais marcantes, portanto, no gráfico, vamos trabalhar com as setas da direita e da esquerda. Na seta da direita, deixe marcado o valor de 212, e na da direita, o valor 50.

tutorial-efeitolomo-fernandasantiago-temnafotografia4

5. Agora temos três camadas, e vamos começar a aplicar os filtros. Selecione a camada do meio (clicando uma vez nela), e clique com o botão direito. Escolha a opção Convert to Smart Object.

tutorial-efeitolomo-fernandasantiago-temnafotografia5

6. Vamos adicionar a vinheta. Vá em Filters > Lens Corrections.

tutorial-efeitolomo-fernandasantiago-temnafotografia6

7. Irá abrir grande janela. Nela aparecem duas abas, clique na aba Custom. Nas opções, em Vignette, leve a setinha até o lado esquerdo, ou coloque o valor de -100. Sua foto ficará com as bordas mais escuras. Clique em ok.

tutorial-efeitolomo-fernandasantiago-temnafotografia7

8. Vamos adicionar um efeito de granulação? As fotos feitas pelo processo lomo não tem uma definição boa como as fotos digitais. Pra isso, vá de novo em Filters e selecione o Noise > Add Noise.

tutorial-efeitolomo-fernandasantiago-temnafotografia8

9. Para finalizar, ajuste o amount para 3px.

tutorial-efeitolomo-fernandasantiago-temnafotografia9

tutorial-efeitolomo-fernandasantiago-temnafotografia10

Espero que tenham gostado do resultado. Viva a consciencia negra! Até a próxima!

Tutorial: Dupla Exposição

Usarei essas duas fotos para compor a dupla exposição, notem que tirei foto com um espaço em branco para poder fazer o efeito que quero, podemos colocar a dupla exposição tanto no branco quanto no corredor.

ImagemImagem

Abri as duas fotos no Photoshop e copiei a do meu rosto e colei em cima da foto do corredor. Então fui até a opção de Blend Mode na direita na aba layers e alterei para Dividir (você pode alterar para qualquer um, qual fique melhor para sua foto), então você altera a opacidade do layer de cima, no caso minha foto, para dar um efeito mais duro, chapado, ou um efeito transparente.

A tela fica assim:

Imagem

A área branca na direita não tinha ficado totalmente branco, com algumas pequenas falhas, nada que um pincel na primeira camada não resolva.

O resultado final fica assim:

Imagem

Tutorial: Aprenda a aumentar o contraste das suas fotos com Blend Modes

Olá galera do Tem Na Fotografia, tudo bem? Como hoje é o aniversário da nossa querida Helosa Araújo, escolhi uma bela fotografia dela, com o seu noivo Igor Queiroz, para usar no tutorial de hoje. Vamos aprender a aumentar o contraste de fotografias com o uso de Blend Modes ou Modos de Mesclagem, no Photoshop. Aproveitem!

01 – Duplique a camada (Crtl+j ou Command+j)


fernanda-santiago-tutorial-blendmode-temnafotografia

02 – Altere o modo de mesclagem da camada (Blend Mode) para Overlay, Soft light ou Hard light. Eu curto mais o Soft Light, com opacidade e preenchimento de 100%, mas podemos testar os outros também.

fernanda-santiago-tutorial-blendmode-temnafotografia2

03 – Altere agora para Overlay, também com opacidade e preenchimento de 100%.

fernanda-santiago-tutorial-blendmode-temnafotografia3

04 – Para finalizarmos o tutorial, vamos agora alterar para Hard Light, também com opacidade e preenchimento de 100%

fernanda-santiago-tutorial-blendmode-temnafotografia4

Espero que tenham curtido! Hasta la vista!

Tutorial: Manipule suas fotos com modos de mesclagem (Blend Modes)

Olá galera! Tudo bem? Aqui apresento mais um tutorial super simples: Aprenda a manipular suas fotos com modos de mesclagem Blend Modes

1 – Abra a imagem

tutorial-blendmodes-fernandasantiago-temnafotografia-0

2 – Cole uma imagem textura (de sua preferÍncia) em cima da imagem.

tutorial-blendmodes-fernandasantiago-temnafotografia-1

tutorial-blendmodes-fernandasantiago-temnafotografia-2

3 – Altere o blend mode para Multiply

tutorial-blendmodes-fernandasantiago-temnafotografia-3

4 – Altere o blend mode para Overlay

tutorial-blendmodes-fernandasantiago-temnafotografia-4

5 – Altere o blend mode para Soft Light

tutorial-blendmodes-fernandasantiago-temnafotografia-5

6 – Altere o blend mode para Darken

tutorial-blendmodes-fernandasantiago-temnafotografia-6

7 – Altere o blend mode para Color, que dependendo da textura escolhida, dar um ar de sépia

tutorial-blendmodes-fernandasantiago-temnafotografia-7

Espero que tenham curtido. Divirtam-se!

Tutorial: Tranforme suas imagens com estilo

Desfoque de fundo, cor seletiva e luz melancólica

Olá galera do Tem Na Fotografia, tudo bem com vocês?! Vamos aprender mais Photoshop? Aqui publico mais um tutorial bacana!

1 – Desfoque de fundo: O filtro Radial Blur adciona movimento as figuras. Crie uma seleção do objeto de destaque (na imagem, eu) com a ferramenta Quick Selection ou qualquer uma de sua preferência e inverta (usando Inverse), no menu Select. V· a Filter > Blur > Radial Blur e marque a opção Zoom. Ajuste Amount para 50.


tutorial-temnafotografia-fernandasantiago01

2 – Luz melancólica: Nesse efeito, usaremos a camada de ajuste de Brightness/Contrast. Vamos diminuir a luz: Reduza Brightness a -100 e aumente Contrast a 90-95.

tutorial-temnafotografia-fernandasantiago02

3 – Monocromia seletiva: Misture áreas coloridas com outras em preto e branco usando a opção Desaturate em Image > Adjustments. Aplique um ajuste a uma cópia duplicada da camada de fundo. Depois, adicione uma máscara de camada e pinte sobre a figura com um pincel suave preto.
tutorial-temnafotografia-fernandasantiago03

4- Super brilho: As imagens superexpostas as vezes ficam bem interessantes. Depois de criar uma
seleção ao redor da figura (no meu caso, selecionei o fundo), abra uma camada de ajuste de Brightness/
Contrast. Puxe Brightness para 80 ou 90 para estourar as luzes.

tutorial-temnafotografia-fernandasantiago04

Espero que tenham curtido! Até a próxima!

Tutorial – Simulando filtros do Instagram

Olá, tudo bem? Tirar fotos virou mania, ainda mais após o Instagram e muitas pessoas adoram adicionar efeitos em suas imagens. Estou disponibilizando para vocês um super pacote de actions do Photoshop que simulam os filtros do Instagram, para plataformas Windows e Mac.

Aproveitem!

Faça o download dos filtros: Clique aqui.

Meus filtros preferidos!

simulando-filtros-do-instagram-no-temnafotografia-por-fernanda-santiago

Tutorial – Aprenda como fazer uma edição com um estilo Vintage Glam

Ontem assisti ao filme “Meia noite em Paris” do Woody Allen e fiquei contagiada com Paris dos anos 20, da Belle Époque, Lautrec, vintagismo e etc. E com toda essa atmosfera de inspiração, como primeiro post para o Tem Na Fotografia preparei um tutorial do photoshop para transformar suas fotos em “estilo antigo” ou Vintage Glam. Fica um barato! Confira!

1 – Abra a imagem que você irá aplicar o efeito. Em seguida, pressione CTRL+J para duplicar a camada. Na camada duplicada, altere o Blend Mode para Overlay ( Sobrepor).

tutorial_temnafotografia_fotografia_antiga1

Crie uma nova camada e preencha com a cor #0054a6 ( Azul ). Altere o Blend Mode desta camada para Exclusion (Exclusão) e diminua a opacidade para 40%. Sua imagem ficará como mostrado abaixo

tutorial_temnafotografia_fotografiaantiga2

tutorial_temnafotografia_fotografiaantiga3

Crie uma nova camada e preencha com a cor #f6989d ( Rosa ou Salmon ). Altere o Blend Mode desta camada para Overlay ( Sobrepor ) e diminua a opacidade e preenchimento para 50%. Sua imagem ficará como mostrado abaixo:

tutorial_temnafotografia_fotografiaantiga4

tutorial_temnafotografia_fotografiaantiga5

Mescle as camadas

Se achar necessário, crie bordas, vinhetas ao seu gosto. No meu caso, criei uma vinhetinha básica.

Faça uma seleção estilo borda.

tutorial_temnafotografia_fotografiaantiga6

Selecione a paleta adjustments e clique em levels

tutorial_temnafotografia_fotografiaantiga7

Altere os valores, de modo que escureça as bordas. Eu escolhi: 0 / 0,36 e 255.

tutorial_temnafotografia_fotografiaantiga8

Clique na paleta Masks e altere o feather para 50 px.

tutorial_temnafotografia_fotografiaantiga9

Pronto, sua foto Vintage Glam está prontinha!

tutorial_temnafotografia_fotografiaantiga10

Recuperando fotografias antigas

Começando a semana com dicas de fotografia, vou partir direto pra uma tarefa que todos os fotógrafos (amadores e profissionais) passam. E sendo amadores ou profissionais para a família nós sempre somos os experts no assunto, nos dando milhões e milhões de fotos da família para restaurar – “Tem como eu ampliar essa foto, pra colocar bem grande no quarto?”– Nos bombardeando de perguntas que nem sempre fazem sentido.

Faço essas brincadeiras, mas na verdade eu adoro ter essa função na família. Restaurar fotografias antigas de seus entes queridos é como restaurar histórias que ficaram presas em um pedaço de papel brilhoso, que nem todos terão acesso. E a prática disso tudo é bastante prazerosa. Fico tentando decifrar como era, como foi, o que tinha, quem era – e todos esses levantamentos históricos/misteriosos dão ainda mais valor aquela imagem.

Passei esse final de semana com essa tarefa: Restauração de Fotografias Antigas – E resolvi fazer um post para dividir minhas pesquisas sobre o tema e dar algumas dicas (em passo a passo) para que qualquer um com pequenas habilidades em photoshop possa editar rapidamente as fotografias da família.

E a fotografia para usar como exemplo que eu escolhi, foi a que eu mais trabalhei no final de semana, de uma tia querida (que da esquerda).

 Primeiro: Quando for escanear as fotos não esqueça de escolher a opção no scaner para digitalização de imagem. Para que ele reconheça os pixels e a transforme em uma imagem digital.

 Segundo: Se estivemos falando de uma fotografia muito, muito antiga, que nunca teve cor, então, logo de cara transforme a sua imagem em P&B  (Ferramenta Black & White do photoshop) – Dica: Procure fazer na própria imagem, para que futuras edições na fotografia sejam possíveis.

 Terceiro: Ajuste os levels. Ajuste de acordo com a parte riscada em preto na ferramenta e não de acordo com a sua intuição. Lembre-se de que a cor e iluminação muda de monitor para monitor.

 Quarto: Ajuste as curves. Nada melhor do que dar leves contrastes e dar ao branco uma realçada, assim como aos tons médios e escuros.

 Quinto: Retire os pontinhos e marcas do tempo na foto – usando a ferramenta Healing Brush Tool. Basta escolher uma opção suave e em tamanho pequeno e click nos pontinhos e marquinhas pequenas e suaves para eliminá-los (é bem simples assim). Dica: se as marcas forem mais longas, ou riscos, ou dobras, use o carimbo para cobrir essas imperfeições.

Uma outra dica bastante importante: (Serve para qualquer edição)

– Aproxime bastante a imagem. Tenha certeza do que está fazendo. Faz toda a diferença.

Voilá! Sua fotografia está pronta para ser ampliada novamente. Infelizmente alguns pontinhos não podem ser recuperados novamente, o que pode acontecer é serem suavizados. Mas nesse exemplo, eu não pude usar, se eu fosse suavizar os traços e pontos marcantes a imagem ficaria borrada e poderia perder até definição.

Se você curtiu esse tutorial, mande sua dúvida que posso desenrolar pra você! 😉