A menina mais fofa do Japão pelos olhos de seu pai Kotori Kawashima

A menina mais fofa do Japão é sem dúvida Mirai Chan. Uma menina que não tem vergonha diante das câmeras, espontânea e demonstra, sem problema algum, todos os seus sentimentos diante de uma câmera. E não é de qualquer câmera, é a de seu pai, Kotori Kawashima, um fotógrafo que dedicou uma parte de sua vida em registros documentais e de crianças. O que lhe gerou mais sucesso foi a espontaneidade de sua filha Mirai Chan, que acabou virando tema de seu primeiro livro, esgotando rapidamente das livrarias.

Após algum tempo, um novo projeto fora lançado com mais estusiasmos e criatividade da menina fofa, só que desta vez, em Paris. E ainda não parou por ai, de acordo com o site Hypness, o fotógrafo, pai de Mirai Chan, fechou uma parceria com um ilustrador de mangá Wisut Ponnimit para a elaboração de um novo livro só que desta vez, mostrando as aventuras da menina em seu futuro.

O estilo das fotografias de Kotori Kawashima também fazem a diferença, não se trata apenas de um ensaio comum que vemos todos os dias, trata-se de cenas íntimas, em momentos que geralmente não se costuma serem fotografados. Momentos únicos e de forma sutil, sem muitos detalhes, mas que geral sentimentos e sensibilizam emoções no espectador.

mirai_chan_temnafotografia mirai-chan-temnafotografia3 mirai-chan-temnafotografia4 mirai-chan-temnafotografia5 mirai-chan-temnafotografia6 mirai-chan-temnafotografia8 mirai-chan-temnafotografia7 mirai-chan-temnafotografia9

 

As fotografias de crianças de Tracy Tomsickova

 

tracy-tomsickova_temnafotografia

Fazia um tempo que não publicava fotografias com inspirações lúdicas, ou com a temática infantil, sempre achei bastante repetitivo, por mais que fosse criativo o olhar do fotógrafo. Mas como, particularmente, amo a categoria, não deixei escapar as fotografias de Tracy Tomsickova. Uma fotógrafa que nasceu na Bulgária e vive em Praga na Tchecoslováquia com a linda família que constituiu. Seu trabalho principal não é a fotografia, sua área é a informática, mas desde o nascimento do seu primeiro filho que dedica um pouco do seu tempo a fotografa-los, e faz alguns freelancers aqui e ali para complementar a renda.

Tracy não tenta inventar muito em suas fotografias, nem faz as crianças serem atrizes, artistas. Ela brinca com situações comuns, em cenários lindos. Monta com objetos repetidos, simbólicos, de cores fortes, dando uma composição muito bonita de se vê.

Vou deixar você complementar minhas palavras e dizer o que acha dessa inspirãção.

tracy-tomsickova_temnafotografia2

tracy-tomsickova_temnafotografia3

tracy-tomsickova_temnafotografia4

tracy-tomsickova_temnafotografia5

tracy-tomsickova_temnafotografia6

tracy-tomsickova_temnafotografia7

Começando a semana com inspirações da Sarah Cornish

Nada melhor do que começar uma segunda-feira feliz, feliz com uma linda inspiração, e uma inspiração com fotografias de crianças. Nada que não tenhamos visto antes, nada que seja inacreditável, mas é realmente inspirador. Esse é o tipo de fotografia que adimiro, e eu sempre digo isso, e repito: fotografias de situações simples, que tornam-se magníficas ao se tornarem imagens fotográficas.

Sarah Cornish é, além de apaixonada pela profissão, também apaixonada por essa vida em miniatura em que ela mesma se refere. O trabalho dela se torna algo ainda mais lindo, quando é mencionado com tanto amor, carinho e cuidado. O zelo que ela tem pelo trabalho, e o cuidado de imagem que ela tem com essas crianças é excepcional.

A Sarah tem um flickr lindo, recheado de lindas fotografias, das mais diversas crianças, das mais diversas características em várias situações. Mas dá pra perceber que o acesso ao campo é maior, ou talvez isso faça parte da sua própria preferencia. O Retrato, é claro, está em evidência, sempre com cores bem vivas, ou simplesmente um lindo P&B. Além disso, vemos muitas situações inusitadas, em família, entre irmãos, com animais.

Então, vamos nos inspirar?

sarah_cornish-on-temnafotografia_by-helosaaraujo

sarah_cornish-on-temnafotografia_by-helosaaraujo2

sarah_cornish-on-temnafotografia_by-helosaaraujo3

sarah_cornish-on-temnafotografia_by-helosaaraujo5

sarah_cornish-on-temnafotografia_by-helosaaraujo6

sarah_cornish-on-temnafotografia_by-helosaaraujo7

sarah_cornish-on-temnafotografia_by-helosaaraujo8

sarah_cornish-on-temnafotografia_by-helosaaraujo9

sarah_cornish-on-temnafotografia_by-helosaaraujo10

sarah_cornish-on-temnafotografia_by-helosaaraujo11

sarah_cornish-on-temnafotografia_by-helosaaraujo12

sarah_cornish-on-temnafotografia_by-helosaaraujo13

sarah_cornish-on-temnafotografia_by-helosaaraujo14

sarah_cornish-on-temnafotografia_by-helosaaraujo15

Todo dia é dia das mães para Amy!

Não é a primeira vez que falo sobre a Amy por aqui, o seu trabalho já apareceu por aqui em uma outras duas ocasiões: A primeira sobre seu blog e a segunda vez com uma entrevista. Se você observar, em ambos os artigos a sua história e suas imagens são grandiosas. Amy Hildebrand é, mais do que um exemplo de fotógrafa, é um exemplo de pessoa. Tive a oportunidade de estreitar um pouco os laços da nossa amizade, e venho acompanhando de pertinho (tanto no instagram como no facebook) não só as suas fotografias, mas a sua vida fotografada.

E falando dessa tal vida fotografada, a de Amy Hildebrand é maravilhosamente linda de se ver. Hoje, quando falam as palavras “mãe” e “fotógrafa” é dela que eu lembro, e é nela que me inspirarei quando tiver meus rebentos para fotografar em todos os momentos.

Já vimos seus filhos comendo, brincando, dormindo, correndo e viajando… E em todas essas situações, a primeira coisa notável é o fato de Amy estar orgulhosa por ser a mãe dessas crianças, e mais orgulhosa ainda pela oportunidade que ela tem (em suas condições) de estar acompanhando de perto, cuidando, e, principalmente fotografando.

Best_amy_ever – Moments

best_amy_temnafotografia best_amy_temnafotografia2 best_amy_temnafotografia3

 

E o seu dia das mães, como foi? 

O olhar maternal da fotógrafa Sarah Wolfe, faz toda a diferença

Eu já tinha visto o trabalho dessa fotógrafa há muito tempo atrás quando eu estava me encontrando na fotografia. Ela é uma das grandes fotógrafas que conseguem colocar a subjetividade maternal para fora e de deixar a magia acontecer. Crianças, recém nascidos, noivos, família são as suas especialidades (bem parecidas com as minhas, né?), e é claro que ela se entregou as categorias após o nascimento do seu primeiro filho (eu preferi não deixar isso acontecer, por enquanto).

Eu sempre acreditei que nunca podemos separar totalmente o pessoal do profissional, a fotografia sabe misturar muito bem essas duas coisas. Afinal, é do olhar individual, subjetivo que saem esses clicks magníficos. Sarah Wolfe é excelente, além de um ótimo exemplo para todas as fotógrafas iniciantes: Colocar o seu olhar naquilo em que você faz, faz toda a diferença.

sarah_wolfe_temnafotografia

sarah_wolfe_temnafotografia2

sarah_wolfe_temnafotografia3

sarah_wolfe_temnafotografia4

sarah_wolfe_temnafotografia5

sarah_wolfe_temnafotografia6

sarah_wolfe_temnafotografia7

sarah_wolfe_temnafotografia8

sarah_wolfe_temnafotografia9

 

Criativo ou bizarro? Retratos de crianças por Bill Gekas

Bill Gekas é um fotógrafo que pensou em fazer algo bem cliché, essa era realmente a proposta. Brincar com fantasias, caras e bocas e deixando a naturalidade de lado. Claro que cada um tem o seu estilo e forma de ver a fotografia, assim como os objetivos são pessoais e independentes, o olhar e a criatividade também. Não posso negar que achei essa garotinha linda, mas a ideia me pareceu um pouco bizarra (sou gentil).

Criativo ou bizarro?

Começo logo respondendo: Os dois. Calma, eu explico o porque.

Quando fazemos um ensaio fotográfico, levando pela prática em si, o principal objetivo é contar uma história. Como, onde, porque, e qual enredo, fica a critério de cada fotógrafo. Essa história que o fotógrafo australiano resolveu contar é da sua própria filha (a mais velha) de apenas cinco anos de vida, inspirado em pinturas históricas de artistas como Caravaggio, Vermeer, Rembrandt, Raphael e Velazquez. Ai é a parte criativa, deu certo, ficou lindo o trabalho. Avaliando a composição e as comparações, levando em conta em quem ele se inspirou, já deu um grande motivo artístico ao trabalho dele. A bizarrice se encontra ao tirar a naturalidade da criança, colocando em condições nada a vontade, em poses, formas e roupas que não fazem nada o seu estilo. A impressão que eu tenho é que ela não se sente a vontade com naquelas formas.

Claro que a minha opinião segue a partir da minha subjetividade, e a minha subjetividade tende a valorizar a expressividade natural das crianças. Nem vou rejeitar um trabalho (ainda) grandioso como esse, e por isso divido aqui com vocês!

Após observar e avaliar, me conte o que achou!

temnafotografia-Athena-Ballerina

temnafotografia-Cameo

temnafotografia-Doilies-In-Delft

temnafotografia-Pears

temnafotografia-Pleiadian

temnafotografia-Rollers

temnafotografia-The-merchants-daughter

temnafotografia-The-Scholar

Fotografia de bebês por Heather Stockett

Mais uma grande fotógrafa que sabe direitinho como e onde posicionar a sua câmera. Heather começou a fotografar ainda na faculdade, quando se descobriu, comprou uma câmera e saia com ela para todos os lugares, fotografando tudo o que vê. Mas o seu estilo fotográfico ainda não estavam definidos, o seu olhar apesar de bastante aguçados ainda estavam perdidos.

Após o nascimentos de seu primeiro filho, a fotógrafa americana decidiu se dedicar a fotografia de família e bebês, e ela sabe fazer isso muito bem. Diferente dos ensaios fotógrafos montados que estamos acostumados, Heather Stockett resolveu levar a coisa mais pro lado documental da coisa e deixar a naturalidade falar mais alto.

A Fotografia de Família e bebês vem sendo um estilo bem marcante desses últimos tempos, e encontrar pessoas que ainda conseguem adicionar o olhar diferente sobre algo que pensamos ser sempre parecido, é fantástico!

heather_stockett_temnafotografia_bebe

heather_stockett_temnafotografia_bebe2

heather_stockett_temnafotografia_bebe3

heather_stockett_temnafotografia_bebe4

heather_stockett_temnafotografia_bebe5

heather_stockett_temnafotografia_bebe6

heather_stockett_temnafotografia_bebe7

heather_stockett_temnafotografia_bebe8

heather_stockett_temnafotografia_bebe9

heather_stockett_temnafotografia_bebe10 heather_stockett_temnafotografia_bebe11

Profissão Fotografia: Qual a sua área da fotografia?

Muitos nem entendem direito o que você faz (meus pais, por exemplo), mostrar o que você faz, como você faz e pra quê você faz é bem complicado. Ser freelancer já é complicado de modo geral, ser fotógrafo é ainda pior. Para muitos fotografar é apenas ter uma câmera, diversão e hobbie. E com tantas outras dificuldades se mostrar para o seu público é mais um desafio!


helosaaraujo-gestante

 Profissão Fotografia: Qual a sua área da fotografia?

Depois que finalmente decidi ser fotógrafa (a primeira fase difícil), muitas outras fases surgiram, assim como inúmeras crises financeiras e psicológicas (intermináveis até hoje). Em meio a essas crises vieram muitas aprovações, tanto pessoais como do próprio mercado. E foi assim que percebi que não adianta mais sair atirando para tudo que é lado, é necessário se definir dentro da área, escolher a sua categoria, entender o seu público alvo, definir estratégias de marketing, comunicação visual e estilo. E não pense que depois é só correr para o abraço, não é tão simples assim.

tumblr6

Escolher a sua área dentro da fotografia é bem complicado. Perceba que cada área da fotografia tem o seu próprio público alvo, e dentro de cada categoria dessa você tem que pensar diferente. Se você resolver escolher mais de uma área, então você vai precisar de mais de uma estratégia!

Uma das minhas categorias é fotografia Newborn, Gestantes e Nascimento.  Depois de muito tempo trabalhando, percebi que eu estava procurando meus possíveis clientes nos lugares errados, de forma errada com as pessoas erradas. Percebi (por intermédio da minha garota propaganda favorita Lígia Nottingham) que meu público encontra-se na classe alta, elitizada, que adora atualizar as fotos de família, que prefere contratar uma profissional do que tirar fotografias amadoras em casa e que gasta com um lindo álbum de fotografar mês a mês do seu bebê.

boa

Lembrando que essa é apenas uma das minhas categorias, ou seja, são várias análises e estratégias para desenvolver. Dessa forma, deixo aqui a minha dica: Procure se encontrar dentro da fotografia, e depois de se encontrar, encontre o seu público alvo, gaste um pouquinho com profissional da comunicação para lhe ajudar a divulgar o seu trabalho de forma correta, faça um site com seu nome ou da sua empresa, gaste, invista e corra atrás, o mercado está apertando, somos muitos e se você não escolher o seu estilo a tempo, ‘fazer de tudo’ não ajudará!

helosaaraujo-gestante

Boa sorte com a sua história e depois venha me contar como foi a sua experiência! 😉

A linda história de uma garotinha, seu gato e a fotografia

É lindo o que a fotografia consegue fazer com as singelas histórias das pessoas. E é mais lindo ainda quando um fotógrafo usa a minha ferramenta criativa favorita (fotografia) e se utiliza para contrar essas histórias. Foi o que o fotógrafo Andy Prokh fez – Um ensaio lindo contando a história de de uma pequena garotinha e seu gatinho Tom.

Histórias como essa, com início, meio e fim para uma pequena garotinha e seu gato devem ter significado bastante, imaginem como vai ser quando ela crescer e contar a sua história totalmente fotografada para seus filhos? Muito bom, né? E isso vale como dica para todos nós, não só ficar observando as histórias e cenas marcantes com os olhos do coração, mas também com os olhos mecânicos que nos acompanham, vale muito a pena dividir lindas histórias como essa!

Andy-Prokh_agarotinhaeseugato-temnafotografia-helosaaraujo

Andy-Prokh_agarotinhaeseugato-temnafotografia-helosaaraujo

Andy-Prokh_12600_600

Andy-Prokh_13600_600

Andy-Prokh_14600_600

Andy-Prokh_16600_600

Andy-Prokh_23600_600

Andy-Prokh_32600_600

Andy-Prokh_33600_600

Andy-Prokh_40600_600

Andy-Prokh_45600_600

 

As crianças de Kariny Kiel

Ultimamente tenho visto vários estilos e formas de fotografar crianças. Essa, de todos é o mais montado, posado e inventado, mas ainda assim é muito bonito de se ver. A textura da imagem que representa uma película de filme antigo, levemente sombrio e o desfoque que faz parecer pintura, transformam a estética dessas lindas fotografias em algo representativo, arte.

A Fotógrafa russa, Kariny Kiel soube escolher bem as modelos, os cenários e, principalmente a produção. Duas coisas que ajudaram bastante a fotógrafa chegar nesse lindo resultado: Produção e Pós-produção. Fizeram toda a diferença. E você, o que achou desse estilo?

Kariny-Kiel_no-temnafotografia-por-helosaaraujo

 

Kariny-Kiel_no-temnafotografia-por-helosaaraujo2

 

Kariny-Kiel_no-temnafotografia-por-helosaaraujo3

 

Kariny-Kiel_no-temnafotografia-por-helosaaraujo4

 

Kariny-Kiel_no-temnafotografia-por-helosaaraujo5

 

Kariny-Kiel_no-temnafotografia-por-helosaaraujo6

 

Kariny-Kiel_no-temnafotografia-por-helosaaraujo6

 

Fonte: www.karinakiel.com 

A criatividade Lúdica de Caras Ionut

 

 

Quando pensamos que já vimos tudo na fotografia, vem um fotógrafo ousado e quebra todas as regras novamente! Claro que estamos falando de manipulação, talvez muito mais do que da própria arte de fotografar, mas o resultado da imagem é o que acabamos levando em conta no final das contas!

Caras Ionut é um fotógrafo profissional (acho que isso já tinha ficado claro) que mistura seu imagético, seus clicks e um pouco (ou muito) de arte digital! O resultado é muito bom, principalmente quando o foco são as crianças, ficou de muito bom gosto, criativo, ousado e lúdico. Quando essas imagens assim saem do padrão que estamos acostumados, conquista nossos olhos e o coração. Vale a pena você apreciar! 😉
Caras-Ionut-no-temnafotografia2

 

Caras-Ionut-no-temnafotografia3

 

Caras-Ionut-no-temnafotografia4

 

Caras-Ionut-no-temnafotografia5

 

Caras-Ionut-no-temnafotografia6

 

Caras-Ionut-no-temnafotografia7

 

Caras-Ionut-no-temnafotografia8

 

Caras-Ionut-no-temnafotografia9

 

 

Caras-Ionut-no-temnafotografia