Novidades no Tem Na Fotografia – Acompanhe

Novembro está sendo um mês de mudanças para o nosso querido Tem Na Fotografia, e acredito que vocês verão ainda outras lindas news por aqui.

Novidades no Tem Na Fotografia

Ter esposo na área de T.I. é súper importante – Alguns minutos em frente ao computador e já estávamos com o nosso domínio querido e próprio. O que significa que agora somos www.temnafotografia.com. O que sempre dá aquela valorizada e visibilidade para o blog.

Dentre essas mudanças, como sou um pouco braba, tive que mudar o layout para o Thema antigo, mas é apenas temporário, estamos em reforma interna e em breve as mudanças aparecerão (literalmente).

Massss… A promoção de Natal continua valendo, caso nenhuma fotografia seja postada até o dia 5 de Dezembro, a promoção será anulada por falta de participação. O sorteio está marcado para o dia 20 de Dezembro.   As Fotografias da Semana também continuam normalmente, assim como os artigos e inspirações.

Mande sua sugestão, indicação ou simplesmente, diga o que está achando das mudanças TNF.

Fotografias da Semana 22/11/2013

Mais uma linda semana passou, e cá estamos nós com mais inspirações! Antes de irmos direto para uma linda sequência de fotos cedidas por vocês, tenho alguns lembretes a fazer:

  • Primeiro que gostaria de desculpar pela ausência de inspiração na semana que passou, a sua editora que vos fala estava muito doente não conseguia levantar um dedo para postar por aqui.
  • Segundo, eu gostaria de lembrar a todos da nossa linda promoção de natal. Basta ser curtidor da nossa fãpage no facebook e adicionar ao menos uma fotografia com o tema inspiração natalina no nosso grupo do flickr e aguardar as curtições. A fotografia mais curtida no facebook ganha um presente da Bananafoto.

Vamos ao que interessa?

Pessoas aproveitando o lindo fim de tarde

fotografiasdasemana_ricardosousa_temnafotografia

Ricardo Sousa

Tree and Rain and Peace

fotografiasdasemana_flaviatamara_temnafotografia

Flavia Tamara

Sem Título

fotografiasdasemana_margotfelix_temnafotografiaMargot Félix

Exposição Traços do Brasil – Club Transatlântico

Até sexta dessa semana (dia 02/08/2013) estará exposto o trabalho de dois grandes fotógrafos: Grace Downey e Robert Ager, casados. Ela, brasileira, ele, inglês. Juntos, uniram seus olhares das mais lindas paisagens dos nosso lindo país.

Nós, do Tem Na Fotografia, ficamos bastante felizes pelo contato que o Club Transatlântico fez conosco, nos convidadando a cobrir e entrevistar os fotógrafos, aproveito a oportunidade para agradece-los, mesmo. Que pena que o tempo/trabalho/distância mais uma vez não colaboraram o nosso acesso ao evento, mas da proxima vez vai dar!

Temnafotografia-traçosdobrasil_transatlantico  Temnafotografia-traçosdobrasil_transatlantico

O trabalho desses dois, além de inovador pelo fato de serem um casal (e um casal de cultura híbrida), é lindo e diversificado, com o foco em paisagens desse nosso lindo país. Com uma linda e grande porta aberta pelo Club Transatlântico, tivemos a oportunidade de entrevista-los, tanto o transatlântico, como os fotógrafos Grace Downey e Robert Ager.  Que iremos publicar ainda essa semana aqui, nesse mesmo local, por enquanto, deixo o convite para você conhecer de perto essa exposição.

Veja mais detalhes abaixo.

Release

Em busca de um verdadeiro Brasil, a paulistana Grace Downey e o inglês Robert Ager realizaram uma expedição de 45 mil km na qual registraram poeticamente os quatro cantos do país. Procurando sair do lugar comum e inspirar as pessoas a conhecerem melhor as belezas naturais brasileiras, o casal, que deixou tudo para trás em busca do antigo sonho de desbravar o mundo, se lançou em uma verdadeira jornada fotográfica que deu origem ao projeto “Traços do Brasil”. A coletânea de imagens, que reúne riquíssimas paisagens nacionais, pode ser conferida em exposição gratuita no Espaço Galeria do Club Transatlântico, de 2 de julho a 2 de agosto.

O olhar sensível do casal capturou as essências de lugares tão belos quanto diversos, como a Chapada dos Guimarães, no Mato Grosso, o Jalapão, em Tocantins, os Lençóis Maranhenses, entre muitos outros. “O Brasil tem praias, florestas, desertos, rios, tem uma variedade incrível. Vale a pena conhecer”, relata Grace Downey. “A arte na fotografia é tentar recriar momentos especiais como lembramos. Este trabalho serve para todos que não conhecem bem o Brasil ou não tiveram a oportunidade de viajar muito”, acrescenta.

Temnafotografia-traçosdobrasil_transatlantico

Local: Club Transatlântico – Espaço Galeria

Endereço: Rua José Guerra, 130 – Chácara Santo Antônio

Data: 2 de julho a 2 de agosto, de segunda a sexta-feira, exceto feriados

Horário: 9h às 22h

Ingresso: Entrada gratuita

Estacionamento no local: R$ 15,00 o período

Observação: Todas as obras estão à venda

Vernissage: 2 de julho, terça-feira, às 20h30.

Atração pré-vernissage: Palestra “Challenging Your Dreams”, às 19h30. Grace e Robert relatam as experiências obtidas nas expedições ao redor do Brasil e do mundo destacando temas como superação de obstáculos na tão almejada busca pelos sonhos.

Temnafotografia-traçosdobrasil_transatlantico

Nikon 1 v1 – Trazendo um novo padrão de câmeras Mirrorless

Como a nossa semana das câmeras está bombando, quem não poderia ficar de fora é essa maravilha Nikon 1 v1!  Não é MEA CULPA que a marca está prevalecendo nesses posts, até porque a importância de cada uma no mercado são extremamente diferentes, entenda o porquê!

nikon1v1_temnafotografia_helosaaraujo

Nikon 1 v1 traz um novo padrão de câmeras Mirrorless

O que aconteceu no mercado é que todos hoje querem câmeras potentes para tudo! Sejam profissionais ou amadores. A necessidade da fotografia profissional não invade somente a rotina dos fotógrafos propriamente ditos, os dentistas precisam cada vez mais de qualidade nas imagens que fazem da evolução dentária do tratamento de seus pacientes, por exemplo. a busca pelas DRLs aumentou em todos os ramos (em outras palavras) e as compactas acabaram ficando de lado. Mas não por muito tempo, a NEX e J1 provam que podem ser compactas com muita qualidade e que o esquema de sensor Mirrorless (sem espelho) ainda pode salvar grandes profissionais com necessidades de documentação fotográfica.

Essa pequena e robusta câmera, – que aliás é realmente uma característica que merece seu destaque, já que estamos falando de uma câmera moderna, pequena toda metalizada, que mostra qualidade logo na primeira “pegada” – possui recursos avançados para uma câmera compacta, é mesmo para quem gosta de testar, brincar e se aventurar!  O que também se encaixa na característica praticidade, com um padrão automático intuitivo, porém com seus 10MP e pouca profundidade de campo (em comparação com as câmeras de seu mesmo poste).

A minimalista da Nikon, como toda câmeras, tem seus prós e contras: Recursos como 60 imagens por segundo, foco automático inteligente também para vídeos, alta resolução com até 1,44 milhão de pontos, obturador mecânico e eletrônico, HDMI e USB, bateria En EL15 (mesma bateria da câmera D7000) fazem parte dos prós que ficam contra a dois grandes recursos que podem dificultar o acesso dessa belezinha com seus futuros donos: não possui flash embutido (somente sapata) e o seu preço que pode ser absurdo para muitos!

E você, o que achou?

 

Dia 8 de Janeiro, dia do fotógrafo – O que é ser fotógrafo para você?

Esse ano é com toda certeza um ano de reflexão, dá pra perceber de longe que o momento de ‘inspiração’ decorrente às festas de fim de ano não acabaram no dia 31 de dezembro, continuam pelas preces em redes sociais, artigos em blogs, mensagens, e principalmente profissionais criativos, dessas novas e lindas profissões da atualidade são os mais afetados por essa crise da reflexão!

E junto com essa crise (que eu acho linda) vem a crise da identidade, onde as pessoas (principalmente esses profissionais criativos que falamos a cima, e eu inclusa) procuram novas conceituações sobre o que fazem, o que querem e o que são. E é me segurando nesses fortes argumentos que montei esse pequeno texto pra você, fotógrafo ou aspirante, e aproveitando a deixa para desejar um Feliz dia do Fotógrafo!

8dejaneiro-diadofotgrafo-2013-helosaaraujo500px
Foto: Kofi Ohene-Adu

 

 O que ser fotógrafo para você?

Dessa vez não tenho 10 dicas de como ser um fotógrafo, ou O que um fotógrafo tem que ter (mesmo sendo muito bons esse tipo de dicas), dessa vez eu, Helosa Araújo, fotógrafa, estou aqui para filosofar um pouco sobre o que é ser um fotógrafo, unindo tudo o que precisamos ter com o que já temos, traços de personalidades, trejeitos, manias, pensamentos, e outras coisas que em meio a minha crise eterna de reflexão, decidi concretizar em texto neste lindo dia para você!

Captura de Tela 2013-01-08 às 14.01.41
Foto: Luiz Felipe Martins

Fotógrafo é a designação profissional para alguém que elabora fotografias estáticas ou dinâmicas. O termo abrange atividades profissionais em campos como, por exemplo, fotografia de filmes, fotojornalismo, fotografia de publicidade, fotografia de natureza,fotografia de moda, aerofotografia, fotografia subaquática, fotografia documental, fotografia de guerra, fotografia panorâmica. (Wikipédia)

Ser fotógrafo não é e nunca vai ser o que a Wikipédia e muitos de nossos clientes pensam que é, vai muito além e para além dessa singela descrição. Ser Fotógrafo é antes de qualquer coisa, se utilizar de ma ferramenta de comunicação para mostrar ao mundo como ver a vida e determinadas situações. Ser fotógrafo é pensar várias e várias vezes, em coisas que muitas vezes nem conseguem se transformar em palavras para serem depois transformadas em imagens (que dizem falar mais do que mil palavras). Ser fotógrafo é também saber agir antes de pensar, e agir direito para não perder a foto ideal do momento ideal com o tema ideal. Ser fotógrafo é saber ouvir críticas o tempo todo, estar sempre aberto para opiniões, e quem sabe servir de psicólogo, as vezes. Ser Fotógrafo é ficar enquandrando tudo o que ver pela frente, mesmo que não esteja com uma câmera por perto. Ser Fotógrafo é com toda certeza, um eterno sofredor de problemas na coluna, bursite, tendinite, joelhos lascados, dedos travados e por aí vai. Ser Fotógrafo é estar estudando tudo sobre fotografia ao mesmo tempo, máquinas, equipamentos, teorias, histórias, técnicas e etc. Ser Fotógrafo é fazer caretas ao olhar uma luz muito bonita, imaginando qual seria o resultado se estivesse com uma câmera na mão. Ser Fotógrafo é pensar primeiro na foto, depois de desejar Bom Parto para a amiga. Ser Fotógrafo é preferir sempre comprar uma lente do que qualquer acessório pessoal ou da própria casa. Ser Fotógrafo(a) é deixar o namorado(a) enciumado de tanto dar atenção para uma câmera. Ser Fotógrafo é se deslumbrar sempre que entrar em contato com a câmera nova do amigo (seja qual marca/modelo for) e ficar analisando os detalhes, lente, abertura, etc. Ser Fotógrafo é transformar os lindos momentos dos amigos, da família, dos clientes em momentos eternamente estáticos. Ser Fotógrafo é participar de momentos importantes de famílias que você pode nunca mais ver de novo. Ser Fotógrafo é ser caxias, cheio de manias, ciumento, e cismado com situações e equipamentos relacionados a fotografia (ou não). Ser Fotógrafo é sempre oferecer o velho e bom BOOK para familiares de presente. Ser Fotógrafo é , dentre outras milhões de coisas (se não, eu não acabo nunca mais) AMAR com todas as forças o que faz. #FOTOGRAFAR 

Captura de Tela 2013-01-08 às 14.02.01
Foto: Dariane Cristine

8 de Janeiro, Dia do Fotógrafo.

Feliz dia do fotógrafo para você, profissional que segue a risca essas e muitas outras manias de fotógrafo, e não deixa de lado nenhuma regrinha que você mesmo criou escapar! Parabéns por honrar nossa profissão todos os dias! 😉

Ainda há tempo – Sugestões de presentes de natal para fotógrafos!

Eu sempre achei que nessa vida, quando for escolher um presente, que ele seja a cara do presenteado. É muito bom receber ou dar algo que sabemos que foi escolhido com todo carinho e não vai ser algo que você comprou só por comprar! Então, para não perder o costume, veja abaixo uma linda lista que montei para os que ainda estão a procura de presentes para seu (sua) querido  (da) fotógrafo (fa)!!

Porta-retratos Memo Tree

Porta-retratos Memo Tree-presentes-natal-temnafotografia

 

É uma ótima idéia para a época. Tempo de juntar as melhores fotografias que fez durante o ano, ou até mesmo de seus familiares.

Imã Câmera Movie

Imã Câmera Movie-presentesnatal-temnafotografia

 

A geladeira fica sempre cheia de ótimas referências e histórias de lugares por onde passou, o imã pode ser uma ótima e singela recordação!

Brinco Câmera Colors

Brinco Câmera Colors-presentenatal-notemnafotografia

 

Eu super achei uma ótima sugestão até para usar nessas festas de fim de ano! Lindooo!

Lente com tripé iPhone

Lente com tripé iPhone-presentenatal-notemnafotografia

 

Acessórios para iPhone estão sendo muito procurados, essa pequena maravilha pode simular lentes teleobjetiva! E o preço é bacaninha (mais bacaninha ainda quando se compara com o preço das teles originais.

Colar Retrô Movie Grafite

Colar Retrô Movie Grafite-presentesnatal-notemnafotografia

 

Pode ter certeza que quem ama fotografia ou trabalha com, adora mostrar para o mundo suas afinidades! Um colar desses vai, com toda certeza, acertar em cheio a sua presenteada!

bananafoto-no-temnafotografia

 

Espero ter ajudado nas suas procuras pelo presente de Papai Noel mais perfeito de todos! 😉

 

Inspiração floral do fotógrafo Setsuna

Setembro o mês das flores e do campo para muitos regiões, infelizmente não temos essa época, primavera, bem definida aqui no Brasil (somente no sul) e muito menos onde estou localizada (no nordeste). Dizem que o meio faz o homem, e sabemos é uma frase que não se aplica a todas as situações, mas eu tenho certeza que o meio faz a fotografia.

Quando moramos /estamos em um lugar em a locação favorece a foto, tudo facilita. Setsuna (de acordo com as minhas pesquisas, eu acredito que seja ELA) é uma fotógrafa japonesa que se apegou ao mundo floral de uma forma incrível! Sobra pra gente ficar aqui olhando e procurando aprender como faz!! 

Setsun-no-temnafotografia

Setsun-no-temnafotografia2

Setsun-no-temnafotografia3

Setsun-no-temnafotografia4

Setsun-no-temnafotografia5

Setsun-no-temnafotografia6

Setsuna-no-temnafotografia7

Setsuna-no-temnafotografia8

Setsuna-no-temnafotografia9

Setsuna-no-temnafotografia10

Setsuna-no-temnafotografia11

Setsuna-no-temnafotografia12

 E depois de uma semana corrida  e estressante, quem não quer uma inspiração como essa?

SPLASH! Conheça as fotografias de Heinz Maier!

Eu mesma faia tempo que não lia nada sobre e nem via imagens de splash.  Fiquei bem feliz quando encontrei esse (que foi muito feliz em sua obra) para, além de matar a minha saudade (porque já fui louca por splash, daquelas de fazer coleção de corantes e tudo mais) e dividir tudinho com vocês!

Esse conjunto de imagens meio psicodélicas são do fotógrafo Heinz Maier (reside em Berlin, atualmente) que transforma gotas d`água, corantes, conta gotas e luzes em fotografias fantásticas.

HEINZMAIER_1_no_temnafotografia

HEINZMAIER_11_no_temnafotografia

HEINZMAIER_10_no_temnafotografia

HEINZMAIER_9_no_temnafotografia

HEINZMAIER_8_no_temnafotografia

HEINZMAIER_7_no_temnafotografia

HEINZMAIER_6_no_temnafotografia

HEINZMAIER_5_no_temnafotografia

HEINZMAIER_4_no_temnafotografia

HEINZMAIER_3_no_temnafotografia

HEINZMAIER_2_no_temnafotografia

Memória Fotográfica

Eu sempre quis falar sobre isso de alguma maneira aqui no nosso TNF acabava deixando pra lá, agora que depois de umas aulinhas de semiótica (uma das minhas disciplinas favoritas) senti a necessidade de falar sobre isso (até porque se eu demorar demais, eu esfrio de novo) e afinal, o que é memória Fotográfica?

Já parou pra pensar nesse assunto? Por que achamos que já passamos por aquele lugar? Por que gostamos tanto de estudar uma determinada cultura? E milhares, milhares de sensações que temos ao nos deparar com pessoas, rostos, lugares, comidas e etc? Até o seu estilo de vida e de se vestir por ter uma explicação. Poisé, mas o que eu to querendo falar hoje especificamente são das fotografias.

Helosa Araújo

Sabemos que foi cientificamente provado que guardamos no nosso gene memórias, ou seja, podemos nos lembrar como sonhos coisas que nossos ancestrais viram. E isso parece acontecer ainda mais constante com os fotógrafos. O que acontece é que já temos um peso na nossa box imagética de tanta imagens que vemos, analisamos, observamos e criamos, e muitas vezes quando vamos passar por um processo criativo aquelas imagens vem a tona, dependendo do assunto temos bem mais facilidade para desenvolver com mil e uma ideias na cabeça assim como tem assuntos que simplesmente empacamos.

E essas nossas facilidades subjetivas vem dos nossos gostos e afinidades. Porque Alcântara gosta tanto da mata? E porque Thiago Santana gosta tanto do sertão?

Helosa Araújo

Por isso, quando forem olhar fotografias históricas pensem mais de uma vez se a sensação que sentirem não é mais do que uma sensação de já ter visto aquela imagem em algum outro lugar.

Recorde de inscrições na 10ª edição do prêmio FCW de arte

A Fundação Conrado Wessel (FCW) recebeu um volume recorde de inscrições para a 10.ª edição do Prêmio FCW de Arte (Fotografia). No total, mais de 455 ensaios fotográficos (publicados e inéditos), com o tema “Brasil Contemporâneo”, serão avaliados por uma Comissão Julgadora composta por alguns dos maiores especialistas brasileiros na área.

Os 15 melhores trabalhos integrarão um livro comemorativo da premiação. Desses finalistas, serão escolhidos os três vencedores, que receberão prêmios nos valores de R$ 114,3 mil (1.º lugar), R$ 42,8 mil (2.º colocado) e R$ 42,8 mil (3.º colocado).

Os trabalhos são originários de 97 cidades brasileiras, divididas em 21 Estados: Amapá (1 trabalho inscrito), Amazonas (4), Bahia (19), Ceará (11), Espírito Santo (5), Goiás (4), Maranhão (3), Mato Grosso (2), Mato Grosso do Sul (4), Minas Gerais (36), Pará (16), Paraíba (3), Paraná (31), Pernambuco (14), Piauí (1), Rio de Janeiro (44), Rio Grande do Norte (8), Rio Grande do Sul (23), Santa Catarina (13), Sergipe (1) e São Paulo (193). Além desses, o Distrito Federal está representado com 19 ensaios fotográficos.

Além do caráter nacional, as inscrições recebidas consolidam a difusão do Prêmio fora dos grandes centros. Dos quase 100 municípios, apenas 20 são capitais: Belém, Belo Horizonte, Brasília, Campo Grande, Curitiba, Fortaleza, Florianópolis, Goiânia, João Pessoa, Manaus, Natal, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador, São Luiz, São Paulo, Teresina e Vitória.

O resultado final do concurso será divulgado até o final do mês de março e a cerimônia de premiação ocorrerá em 25 de junho, na Sala São Paulo, juntamente com a entrega do Prêmio FCW de Ciência, Cultura e Medicina.

Grandes nomes da Fotografia

Ao longo de sua história de 10 anos, o Prêmio FCW de Arte já homenageou alguns dos maiores nomes da fotografia nacional. Os vencedores das edições anteriores foram: Alexandre Salgado, André Fraçois, Andréas Heiniger, Bob Wolfenson, Gustavo Lacerda, Felipe Hellmeister, Francilins Castilho Leal, Gui Mohallem, João Castilho Leal, José Luiz Pederneiras Barbosa, Júlio Bittencourt, Kenji Arimura, Lalo de Almeida, Leonardo Vilela, Márcia Ramalho, Maurício Nahas, Paulo Veiner, Ricardo Cunha, Ricardo de Vicq, Tadeu Vilani e Tiago Santana.

Sobre a FCW

A Fundação Conrado Wessel (FCW) foi criada em 1994, após o falecimento do fotógrafo Ubaldo Augusto Conrado Wessel, que explicitou em testamento seu desejo de criar uma fundação voltada para a filantropia, o fomento e apoio às atividades culturais, artísticas e científicas no Brasil. A Fundação distribui, anualmente, desde 2003, mais de R$ 1,2 milhão em prêmios, por meio dos Prêmios FCW de Arte, Ciência, Cultura e Medicina.

A FCW também contribui anualmente com cinco entidades indicadas pelo seu instituidor. São elas: Corpo de Bombeiros da Policia Militar do Estado de São Paulo, Exército da Salvação, Aldeias Infantis SOS Brasil, Fundação Antonio Prudente e a Associação Escolar Benjamim Constant. Além disso, outras entidades são selecionadas todos os anos para a doação de cestas natalinas em parceria com o Ministério Público do Estado de São Paulo.

História da Marca Zenit

Podemos dizer que Zenit está para Leica, assim como Aristóteles estava para Platão. Não que uma copiava a outra, não estou dizendo isso, mas uma se inspirava na outra. Sabemos que a grande/pequena Leica é, até hoje, inspiração para muitas marcas. E logo Zenit, nascida em Moscou não poderia ter uma fonte de inspiração diferente, né?

A marca russa é fundada em 1952, Zenit nasce com o único e exclusivo foco na fotografia. Mais precisamente em câmeras SLRs de 35mm.  Sua primeira câmera foi inspirada na Leica II e baseada em sistema telemétrico da câmera Zorki até meados dos anos 60 só com a Zenit-E e só depois que ela foi transformada em uma câmera reflêx de lente única.

Zenit é, originalmente propriedade de uma marca soviética: Krasnogorshii Mekhamitcheskii  Zavod, conhecida como KMZ. Que desenvolveu uma linha de moldagem de ferro, que facilitou bastante a fabricação em massa. É quando a marca consegue expandir e começar a ganhar o seu lugar no espaço (nunca foi o suficiente), um lugar pequeno, talvez (em relação as outras marcas já comentadas aqui), apesar do seu sucesso, Zenit não teve muita sorte, sendo produzida quase que clandestinamente por um empresa chamada Bielorússia, que perderam o direito de uso da marca desde 1991, o que não adiantou e encontramos produtos om o nome Zenit ainda hoje dessa outra fonte. O problema é o certificado de qualidade e acompanhamentos dos produtos. Além de tudo, tudo da marca acaba se perdendo. E fotógrafos não dão credibilidade a um produto assim, nem precisa ser fotógrafo para ser tão exigente, né?

Um outro grande obstáculo da marca foi (e talvez ainda seja) acompanhar as evoluções tecnológicas (algumas bem básicas como diafrágmas) o que ajudou a demorar bastante para sair da Zenit-E evoluindo para Zenit-EM, Zenit-TTL, Zenit-122K e Zenit-412DX.

O que no final das contas resultou (ainda hoje) em uma marca com uma grande fama específica, ficando conhecida principalmente como uma marca de câmeras SLR de 35mm, e lomo (Zenit LC-A).

Mais um pouquinho sobre Zenit em Zenit BR